terça-feira, 7 de outubro de 2014

Owen e Haatchi

Owen e Haatchi, uma história da vida real com contornos tenebrosos em estilo happy end. Enternecedora até às lágrimas. Eu pelo menos fiquei assim... comovi-me, chorei... detesto ficar assim. mas fiquei... Haatchi um canzarrão bonacheirão, lindo, meiguíssimo leva umas valentes pauladas na cabeça e é atirado para uma linha de comboio para morrer (bestas, animais, e todos e quaisquer nomes impronunciáveis). O cachorro apanha com um comboio e salta para outra linha. Consegue encaixar-se entre carris e o fantástico instinto de sobrevivência faz com que baixe a cabeçorra cada vez que passa um comboio. É salvo in extremis, perde a cauda, perde uma perna... e é adoptado por uma família fantástica k tem um menino lindo de 8 anos com uma doença degenerativa. Adoptam-se mutuamente, passam a ser inseparáveis, dois em um... O menino reencontra a confiança que tinha perdido, o cachorrão encontra a família que merece e que o trata como membro pleno... uma história linda, comovente, que me faz continuar a creditar nas pessoas... as outras, nem merecem ter nome.

Sem comentários:

Enviar um comentário