segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Karaté Kid

Diz hoje a Joana Amaral Dias a propósito do novo Karaté Kid : "Se não tem borbulhas abstenha-se de ver este filme. Karaté Kid é cinema para adolescentes. Sem vergonha de o ser..." Se calhar a moça tem carradas de razão. Se calhar eu não me livro de ser uma etena adolescente, mas pelo menos sem borbulhas. O facto é que vimos o filme, todos, em família, e divertimo-nos. Não é nenhuma obra prima, não será qualquer marco de referência p/ o futuro do cinema. Não chega aos calcanhares da versão original, ainda hoje bem recordada pela nossa memória colectiva. Mas tb acho que não terá pretensões para tal. E cumpre a sua função de puro entretenimento. Leve, divertido, sem grandes dramas, bem disposto. E acima de tudo um filme pra ver em família.

Sem comentários:

Enviar um comentário