terça-feira, 25 de agosto de 2009

Férias

E ká tamos nós em plenas férias. Um calor imenso, a praia tá óptima. Não muita gente, areia fininha, água aquecida de propósito. O mar é mais um lago imenso. A piscina tb c/ água mais quente k a da banheira. Restaurantes bons, noites loucas, música a rodos, copos p/ refrescar, danças ,mais k mtªs.
É claro k a noites já não são o k eram. Nem têm metade do encanto k dantes tinham. Temos saudades das enchentes do Jokers, k continua óptimo, mas agora práticamente às aranhas. No “Town’s” onde passámos grandes noitadas, continua lá o insuperável Paço, mas ontem kd passámos p/ lá pouco depois da 1 da manhã, já não havia música, os empregados já estavam em limpezas. É a crise – disse Paço – Fomos obrigados a suspender o último espectáculo p/ falta de gente. Os ingleses deixaram de vir p/ cá. Eles k vinham passar o mês inteiro, agora aproveitam as promoções de fim de semana. A libra desceu mtº c/ o Euro. É a crise, ouve-se p/ todo o lado. O “Beachcomber” e o “Hippodrome” continuam iguais a si próprios. Música a abrir e completamente a abarrotar. O ambiente é contagiante. Abriu outro k pode ser uma grande aposta “Broadway”. Arejado, espaçoso, decoração clean, brancos, espelhos, música boa. Ainda não fomos às discotecas lá de cima. Grandes noites, grandes recordações. Sempre a bombar até de manhã. Km, Penélope, Pacha…. Mas pela amostra de gente cá, não parece k elas encham, e só têm graça se tiverem cheias. Vazias não dá. A Avª Europa k dantes era um corropio p’ra baixo e p’ra cima, c/ 1 trânsito infernal noite dentro, agora à noite kuase k não tem trânsito. É a crise, continuam a dizer. Aki nos Cervantes, diz o nosso amigo Michael. – Agora tenho mais trabalho, pk as pessoas estão a vir à semana em vez da kinzena. É a crise…. E será k a crise serve de desculpa p/ tudo? É a culpada de tds os males?

Sem comentários:

Enviar um comentário